22 janeiro 2010

Apetece-me dizer esta!

Se o desenvolvimento em Beja progredisse na ordem directa do boato e da má língua.. já seria Capital do Alentejo, no mínimo!